De forma protocolar, Brasil vence a Argentina duas vezes em série de amistosos

 De forma protocolar, Brasil vence a Argentina duas vezes em série de amistosos

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil iniciou seu novo ciclo rumo à Copa do Mundo de 2023 e Olimpíadas de 2024 com o pé direito. Apesar da falta de entrosamento e criatividade em alguns momentos, visto que a equipe foi completamente renovada, a Seleção Brasileira Feminina deu conta do recado diante de um adversário inferior: vitórias por 3×1, na última sexta-feira (17) e 4×1, nesta segunda-feira.

Na primeira partida, jogando em Campina Grande-PB no Estádio Amigão, o time demonstrou pouca inspiração. As novas peças, além de desentrosadas ainda precisam de minutagem, o que dificulta uma análise mais assertiva, neste primeiro momento, principalmente no que concerne a individualidade das convocadas. Contudo, a vitória pelo placar de 3×1 foi justa embora o resultado em si não seja o objetivo da comissão técnica, mas sim a busca por um novo time cuja performance naturalmente tenderá a evoluir. Os gols brasileiros foram marcador por Debinha, Nycole e Angelina. Bonsegundo descontou para as hermanas.

Já no segundo jogo realizado no Estádio Almeidão em João Pessoa, capital paraibana, as comandadas de Pia Sundhage, um pouco mais soltas, implementaram um placar ainda mais elástico (4×1) selando novo triunfo sem grandes dificuldades. Apesar do forte calor, o Brasil tramou algumas triangulações com Duda, Angelina, Marta e Tamires. Debinha foi outra boa opção ofensiva.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Com direito a golaço de falta da Rainha Marta, o Brasil foi para o intervalo vencendo por 2×0. O primeiro tento foi de Keroline, de cabeça, com o gol vazio após cobrança de escanteio aos 19 da etapa inicial. No segundo tempo, bastante modificada, a equipe canarinha permaneceu controlando as ações da partida. Logo no início, aos 2 minutos, Yasmim cruzou na medida para Debinha ampliar. Apenas 3 minutos depois, Larroquette descontou para as visitantes contando com a falha individual de Lauren. Porém, já aos 6′, a excelente Yasmim marcou o quarto gol brasileiro.

Ainda que a etapa complementar tenha iniciado de forma frenética, com os times bastante mexidos, 4×1 no marcador e placar definido, o jogo naturalmente caiu em intensidade. As brasileiras até tentaram mas não conseguiram furar o bloqueio adversário a partir de então. Entretanto, a tão esperada renovação da Seleção Brasileira foi efetivamente iniciada nesses dois jogos. Foi dada a largada! Aos poucos, o Brasil encontrará o seu melhor futebol e seguirá em franca evolução.

Mais futebol feminino

Aqui no Turbilhão Feminino você não perde nada! Acesse nossas redes: InstagramTwitter e Canal do Youtube, que conta com o programa “TFF em Campo”, e fique por dentro de todos os detalhes de tudo que rola no Futebol Feminino Brasileiro.

Edição: André Chagas – @turbilhaofeminino

Fernanda Barros