Equilíbrio total! Após vitória sofrida, o Esmac-PA será o representante do norte na elite do futebol feminino em 2022

 Equilíbrio total! Após vitória sofrida, o Esmac-PA será o representante do norte na elite do futebol feminino em 2022

Foto: Twitter/ @EsmacFeminino

Em Belém do Pará, o Esmac-PA recebeu o Real Ariquemes-RO para o duelo de volta decisivo valendo uma vaga na Série A1 do Brasileirão Feminino, e quem levou a melhor foi a equipe do Pará. Após um confronto extremamente equilibrado, o time comandado pelo técnico Mecy Rodrigues confirmou a classificação vencendo pelo placar de 2×1.

Confira o resumo da partida:

1º tempo

Desde os primeiros minutos, o confronto era aberto. As duas equipes procuravam jogo, que era bastante brigado, contudo, as donas da casa eram um pouco mais efetivas. Porém, aos 9 minutos, em cobrança de escanteio, a defesa do Esmac vacilou e Bia não perdoou abrindo o placar para o Real Ariquemes.

Na sequência, apenas dois minutos depois, Yasmim, operou um verdadeiro milagre evitando o empate das donas da casa. A pressão das paraenses aumentou com o revés sofrido precocemente. Por sua vez, o Real levava perigo nos contra-ataques.

O calor era muito forte, mas o jogo seguia intenso. Aos poucos, as visitantes conseguiam frear o ímpeto da equipe do Pará, mas a partir dos 30 minutos, o desgaste das visitantes ficou mais evidente. Tendo o sol como aliado, o Esmac voltou a pressionar de forma efetiva.

Até que, aos 39 minutos, Anne cobrou falta com perfeição na gaveta, no ângulo superior esquerdo, sem chances para Yasmim que ainda tentou ir na bola: Esmac 1×1 Real Ariquemes.

A igualdade no placar, porém, durou apenas 3 minutos, pois a virada veio com Cássia, aos 42’, após jogada em velocidade pela esquerda, determinando a vitória da equipe mandante ainda no 1º tempo.

Foto: Twitter/ @EsmacFeminino

2º tempo

Na etapa complementar, o Real procurou sair mais para o jogo em busca do empate logo nos primeiros minutos. Entretanto, as donas da casa, mais inteiras fisicamente, conseguiam segurar bem, trocar passes e sair com qualidade.

Aos 6 minutos, Tábata entrou na área, fez o corte, e Anne derrubou a atacante rival: pênalti! Na cobrança, Loira acertou na trave desperdiçando grande chance de empatar logo no início da etapa final.

O lance desanimou um pouco a equipe de Rondônia que viu sua arqueira realizar grande defesa, aos 12 minutos, evitando o terceiro do Esmac. O jogo voltou a ser equilibrado com tramas perigosas dos dois lados.

A partir da segunda metade do 2º tempo, a questão física determinou um predomínio do Esmac que mexeu no time, enquanto o valente time do Real, possuindo elenco menos numeroso, com apenas uma alteração, tinha sua goleira como grande destaque na manutenção do placar desfavorável por apenas um gol.

Foto: Instagram/ Real Ariquemes E.C.

Mesmo em desvantagem no marcador e no cansaço, o Real Ariquemes se atirou ao ataque nos minutos finais. A comovente luta da equipe rondoniense, tornou o jogo ainda mais emocionante, visto que as rubro-negras encurralavam as adversárias sofrendo muito com os contragolpes.  

No fim das contas, as goleiras Yasmim e Musa se destacaram evitando novos tentos de ambos os lados e consolidando o placar favorável as donas da casa (2×1) que culminou no acesso das paraenses do Esmac para o Brasileirão Feminino Série A1 2022.

Próximos jogos

Com o resultado o Real Ariquemes se despede da competição. Já o Esmac, garantido na primeirona do ano que vem, enfrentará o vencedor do confronto entre Red Bull Bragantino x Athlético-PR nas semifinais da A2 em jogos de ida e volta. O primeiro duelo será no próximo fim de semana no Pará.

Ficha técnica

Esmac-PA (2): Musa; Anne (Letícia), Helayne (Thaisinha), Lorena e Raquel; Lora Capanema, Lora Soure, Ray (Milena) e Silvani (Alê); Luciane e Cássia. Técnico: Mecy Rodrigues.

Real Ariquemes-RO (1): Yasmim; Renata, Loira, Kattu e Kocó; Larisse, Tábata (Poliana), Monique e Leila (Geice), Bia e Thaynara. Técnico: Paulo Eduardo.

Gols: Bia (9’1T) – Real Ariquemes-RO / Anne (39’1T), Cássia (42’1T) – Esmac-PA

Cartões amarelos: Yasmim e Bia – Real Ariquemes

Cartão vermelho: Mecy Rodrigues

Arbitragem: Gustavo Ramos Melo (PA), auxiliado por Acacio Menezes Leão (PA) e Rafael Ferreira Vieira (PA).

Estádio: Baenão – Belém (PA).

Edição: André Chagas – @turbilhaofeminino

André Chagas

https://twitter.com/andreelchagas

Comunicador, redator e locutor esportivo. Gerente de Conteúdo no TFF, idealizador do projeto Raça & Futebol, professor e um grande entusiasta do esporte. Comentarista pela CBF TV.