Conheça Formiga, exemplo de profissionalismo e de uma carreira belíssima dentro do futebol

 Conheça Formiga, exemplo de profissionalismo e de uma carreira belíssima dentro do futebol

Foto: Eric Bolte/USA Today Sports

Na 2ª edição especial do nosso quadro Sócia Atleta, trouxemos umas das pessoas mais importantes do futebol atual. Vamos falar de Miraildes Maciel Mota, nossa incansável Formiga.

Considerada por muitos como a maior atleta brasileira de futebol de todos os tempos, Formiga é detentora de recordes dentro e fora das 4 linhas, podendo até alcançar novos recordes em um futuro próximo.

Formiga começou no futebol com 12 anos e depois não parou mais! Ao longo da sua carreira a atleta defendeu 16 equipes, tendo recentemente anunciado seu retorno ao São Paulo, depois de ter encerrado sua passagem com o título, pela equipe do Paris Saint-Germain da França, sendo esse o primeiro título da história do clube francês na competição.

Dentre os inúmeros títulos da jogadora estão: Tricampeã dos Jogos Pan-Americanos (2003, 2007, 2015), Vice-Campeã da Copa do Mundo (2007) e Tricampeã da Libertadores (2011, 2013, 2014). Além disso, Formiga foi por duas vezes homenageada por sua representatividade no Futebol e com inspiração para as novas atletas do futebol feminino, sendo elas:

Em 2015 no projeto Visibilidade para o Futebol Feminino, integrando juntamente com Marta a Sala Anjos Barrocos que até então era exclusiva de jogadores homens.

Em 2018 pelo cartunista Maurício de Sousa com uma personagem que integrará a turma da Mônica na série Donas da Rua da História, que enaltece mulheres importante que marcaram época.

Foto: Robert Cianflone – FIFA/Getty Imagens

Abaixo listamos os clubes defendidos, títulos e alguns dos recordes alcançados por Miraildes Maciel Mota, a Formiga, durante sua brilhante e atual carreira.

Clubes: São Paulo (1993-1997, 1999, atualmente), Portuguesa, Santa Isabel, Santos, Rosengard-SUE, New Jersey Wildcats-EUA, Quickstrike-EUA, FC Gold Pride-EUA, Chicago Red Stars-EUA, São José (2011, 2013-2016), América-RN, São Francisco do Conde e Paris Saint-Germain-FRA.

Títulos: 5 Campeonatos Paulista (1997, 2008, 2012, 2014 e 2015), 3 Copas do Brasil (1997, 2012 e 2013), 3 Libertadores da América Feminina ( 2011,2013 e 2014), 1 Mundial de Clubes (2014), 1 Copa da França (2017-18), 1 Campeonato Francês (2020-21), 3 Jogos Pan-Americanos (2003, 2007 e 2015), 6 Sul-Americanos (1995, 12998, 2003, 2010, 2014 e 2018), 2 Medalhas de Prata em Olímpiadas (2004 e 2008) e 1 Vice campeonato em Copa do Mundo (2007).

Recordes:
Em 2019, se tornou a primeira jogadora a atuar em sete Copas do Mundo, um recorde histórico – foi convocada em 1995, 1999, 2003, 2007, 2011, 2015 e 2019.

Única jogadora de futebol a participar de seis edições das Olimpíadas – jogou em 1996, 2000, 2004, 2008, 2012 e 2016. OBS: Caso seja convocada pela treinadora Pia Sundhage em 2021, se sagrará a atleta com mais participações pelo Brasil nos jogos olímpicos, com sete, ultrapassando Torben Grael, Hugo Hoyama e Rodrigo Pessoa.

Jogadora mais velha a marcar um gol na Copa do Mundo feminina e a mais velha a participar de uma edição da competição.

Atleta com mais jogos pela seleção brasileira, com 200, tendo ultrapassado Cafu em 2016.

Edição: Fidel Costa – @turbilhaofeminino

Fernanda Barros