Real Brasília empata com o Napoli-SC e se complica na luta pela classificação. Catarinenses estão praticamente rebaixadas

 Real Brasília empata com o Napoli-SC e se complica na luta pela classificação. Catarinenses estão praticamente rebaixadas

Foto: Imagem/ Eleven

Pelo encerramento da 13ª rodada do Brasileirão Feminino, o Napoli-SC recebeu o Real Brasília e o resultado não foi o ideal para ninguém. Embora o ponto ganho tenha aproximado o Napoli do Botafogo (primeira equipe fora do Z4), as chances são reduzidas, visto que o saldo é negativo e existe a necessidade de duas vitórias nos dois últimos compromissos, sendo um deles diante do fortíssimo Palmeiras. Já pelo lado candango, o empate em 1×1 deixou o Real a 5 pontos do G8 faltando apenas duas rodadas para o fim da 1ª fase.

Confira o resumo da partida:

1º tempo

O jogo começou com o Real dominando os primeiros minutos e buscando construir jogadas ofensivas. O Napoli se defendia bem, mas pouco agredia a equipe visitante. A primeira chegada das donas da casa foi em falta cobrada pela meia Júlia, somente aos 10 minutos de jogo.

Aos poucos, o Napoli foi equilibrando as ações em jogo marcado pela forte pegada de ambos os lados. Apesar da luta, as duas equipes criavam pouco. Do lado candango, a meia Tábatha era quem mais levava perigo jogando em velocidade.

Com mais volume, as Leoas do Planalto voltaram a assumir um controle maior das ações. Porém, o Napoli-SC apostava nos contragolpes carecendo de mais capricho. O poder de fogo reduzido era a tônica dos dois times.

Diante de um 1º tempo aquém do ideal, o 0x0 parecia inevitável, até que, aos 44’, Pâmela recebeu boa bola da lateral Miriam e girou, na área, com estilo para abrir o placar: Napoli 1×0 e fim de papo.

2º tempo

Na volta para etapa complementar, o Real Brasília, absolutamente desfalcado, partiu para cima. Porém, sem a presença de Camila Pini no meio, o time sentia muito e não conseguia render ofensivamente. Tendo o resultado a seu favor, o Napoli-SC se defendia e jogava por uma bola.

A pressão das Leoas aumentava, o gol amadurecia e Gadu levava perigo. Entretanto, sem o auxílio de Dani Silva a missão se tornava mais árdua. Buscando agredir mais o adversário, o técnico Adilson promoveu duas alterações para chegar ao empate.

Aos 14, Petra chutou na trave. Logo em seguida, aos 15 minutos, o Real chegou ao empate: Petra, de novo ela, marcou um golaço, chutando forte com categoria e empatando a partida (1×1).

O Napoli-SC enfim acordou e Julia quase recolocou a equipe catarinense na frente em cobrança de falta perigosíssima. O Real respondeu em seguida e o jogo ganhou em emoção.  A equipe visitante marcava forte e permanecia com mais volume, contudo, o Napoli-SC passou a arriscar mais. Aos 32, Maria Gabriela salvou a equipe caçadorense saindo do gol para executar grande defesa.

Nos minutos finais, a pressão das Leoas do Planalto se intensificou, mas a goleirona do Napoli-SC estava inspirada. O Napoli até chegou na base das bolas alçadas, mas era a equipe candanga que agredia mais. No entanto, o placar em igualdade (1×1) permaneceu até o último apito que encerrou duelo.

Próximos jogos

Na próxima rodada o Napoli-SC tem dura missão diante do Palmeiras, fora de casa, dia 20/06, às 15hs. Já as Leoas do Planalto vão até Cotia (SP), enfrentar a forte equipe do São Paulo.

Ficha técnica

Napoli-SC (1): Gaby; Miriam, Vero, Thays e Thaini; Julia, Sara, Luana (Larissa) e Pâmela (Naiane); Soraya e Malu (Aninha). Técnica: Carine Bosetti.

Real Brasília (1): Flávia Guedes, Raquel (Lana), Isabela Melo, Rafa Soares e Bruna Natieli; Margareth (Natasha Rosas), Petra e Tabatha; Thais Lemos (Sam), Marcela Guedes e Gadu (Janety). Técnico: Adilson Galdino.

Gols: Napoli-SC – Pâmela (44’1T) / Real Brasília – Petra (15’2T).

Cartões amarelos:  Napoli-SC – Luana, Larissa / Real Brasília – Thais Lemos

Arbitragem: Evandro Tiago Bender (SC), auxiliado por Deise Genoefa Bellaver (SC) e Luciane Rodrigues dos Santos (SC).

Estádio: Carlos Alberto Costa Neves – Caçador (SC).

Edição: André Chagas – @turbilhaofeminino

André Chagas

https://twitter.com/andreelchagas

Comunicador, redator e locutor esportivo. Gerente de Conteúdo no TFF, idealizador do projeto Raça & Futebol, professor e um grande entusiasta do esporte. Comentarista pela CBF TV.