Sub-20: Com gol de Rafaela, Brasil vence primeiro duelo contra o México

 Sub-20: Com gol de Rafaela, Brasil vence primeiro duelo contra o México

Foto: Twitter / @MiseleccionFem

A Seleção Brasileira entrou em campo nesta sexta-feira (09) para encarar o México na primeira partida dos Jogos Preparatórios e foi a Base comandada pelo Técnico Jonas Urias que levou a melhor e venceu por 1×0 as Mexicanas. Confira o resumo:

Sobre o jogo

Nos primeiros minutos, o México tentou tocar a bola, com cautela, mas a seleção brasileira retomava com rapidez impondo o seu ritmo. Com mais volume de jogo e marcando forte apertando a saída de bola adversária o Brasil tinha mais volume de jogo.

As linhas altas da equipe brasileira surtiram efeito e as Meninas do Brasil exerciam claro domínio territorial. Porém, pecavam na ausência de finalizações. O jogo seguia brigado e o Brasil permanecia melhor em campo, mas a escassez de jogadas de perigo de ambos os lados era a tônica da primeira etapa até a primeira parada técnica.

Com o retorno da pausa o México voltou mais vivo e passou a marcar sob pressão. A saída de bola das brasileiras passou a ser dificultada. Mesmo assim, por muito pouco, Analuyza apareceu de frente para o gol, após belo lançamento da defesa. O jogo ganhou em equilíbrio.

Passando a usar a velocidade pelos flancos, o Brasil continuava chegando com mais perigo e apesar do jogo mais parelho, a seleção canarinho ainda era a melhor. Aos 25 minutos, foi realizada nova parada técnica.

No retorno, as bolas alçadas passaram a ser a grande arma das jogadoras brasileiras. Após novo lançamento, Analuyza apareceu frente a frente com a arqueira mexicana e levou a pior na disputa. Apesar dos protestos, a arbitragem marcou apenas tiro de meta corretamente.

O jogo esfriou e o Brasil passou a ter controle ainda mais amplo, contudo, nos minutos finais as mexicanas acordaram e quase abriram o placar: aos 44′ saiu a primeira chance clara da equipe mandante em tentativa de fora da área, dois minutos depois a zagueirona do time da casa apareceu sozinha para cabecear pra fora.

Dada as poucas possibilidades criadas, o 0x0 na etapa inicial acabou sendo justo mesmo com a leve superioridade brasileira durante os 45 minutos.

Foto: Twitter / @MiseleccionFem

Segundo tempo

As brasileiras precisaram de apenas dois minutos na segunda etapa para abrir o placar: após recuperação de bola e contra-ataque rápido, Rafaela sobrou livre de marcação dentro da área para fazer Brasil 1×0 México.

Passados os 20 minutos do segundo tempo, o México passou a pressionar as brasileiras, mas sem efetividade nas finalizações das jogadas. O que se via, era um Brasil conseguindo segurar o ímpeto da Seleção Mexicana.

Aos 22 minutos boa jogada do México, a equipe chegou com perigo próximo a área, mas parou na defesa da goleira Gabi Barbieri. No minuto seguinte as mexicanas chegaram mais uma vez com perigo dentro da área, mas a defesa brasileira afastou o perigo.

Após a parada técnica o Brasil voltou com mais posse de bola, dominando a maior parte das ações de jogo, mas foi o México que conseguiu outra grande oportunidade, aos 34’, em cobrança de falta próximo à pequena área, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Com 40 minutos de partida o Brasil seguiu controlando o jogo e mesmo sem grandes oportunidades de ampliar o placar permanecia segurando as investidas do adversário. Após 7 minutos de acréscimos a arbitragem deu números finais a partida: Brasil 1×0 México.

Próximo jogo

A Seleção Brasileira volta a campo contra o México, nesta segunda-feira (12), às 14h, para o segundo duelo dos Jogos Preparatórios.

Ficha técnica:

Brasil (1): Barbieri, Bruna, Patrícia, Lauren, Ana Clara, Laura, Yaya, Rafaela, Ana Beatriz, Analuyza e Milena. Técnica: Jonas Urias

México (0): Celeste Espino, Fernanda Canseco, Carol Cazares, Alexandra Godínez, Samantha López, Aylin Aviléz, Andrea Balcazar, Isabella Gutiérrez, Silvana Flores, Natalia Mauléon e Karla Rodríguez. Técnico: Maribel Domínguez.

Gols: Brasil – Rafaela (2’2T)

Estádio: Centro de Alto Rendimento “Al Car” – Cidade do México (MEX)

Edição: André Chagas / Fernanda Barros – @turbilhaofeminino

Fernanda Barros